7.4.16

Segredos guardados

há quanto tempo segredos eu guardo
num  lugar reservado 
dentro de mim? 

Esqueci a folha, 
o verso gritado,
mas elaborado 
 que remendava-me a alma 
em um tempo ruim. 

entristeci,
emburreci, 
desevolui. 

tornei-me um caco
do copo meio cheio que eu poderia ser... 

com que intuito não sei, 
só me desapeguei, 
de sonhos vazios, 
de esperanças ingratas,
de vencer. 

tornei-me quem sempre subestimei. 
em meus conceitos formados, 
que eram mais cheios de pré 
que conceitos. 

entrei pra estatística, 
como se eu pudesse calculá-la! 

meus versos ficaram tão vazios 
como minha mente, 
inabitados, 
abandonados e 
alimentados com fast food midático.

e te culpei, 
te culpei por levar consigo meu interesse, 
meu amor, 
minha motivação.

te culpei por me abandonar, 
por me deixar em um plano 
que sequer segundo 
podia ser. 

te julguei, 
gritei, 
fugi. 

o que melhor eu faço? 
versos? 
mata-me de rir! 

quis te odiar por tempo indefinido, 
esquecer seu sorriso 
e tudo que imaginei,
vivi, 
sonhei,
frustrei. 

a culpa nunca seria minha, 
seria sua, 
seria dele, 
seria de deus 
ou da fé cega. 

me armei e cerquei de mentiras, 
me satisfiz. 

a tempestade do tempo trouxe-me os resultados,
 a vergonha, 
a tristeza e 
mais um momento o lamento.. 

não há mais tempo! 
o tempo que vc tanto fala hoje amar 
é o que me sobra aos bocados, 
o tempo que odeio e venero, 
meu ócio, 
meu defeito eterno. 

mas quem ira me ouvir?
 só vc leria as referencias.. 
mas vc esta longe de mais 
para que eu te traga novamente aqui.

http://entresussurri.blogspot.com.br/


21.10.15

Gavetas

Meu eu em recortes
Todas as faces da morte
Se refletem em mim.

Jogada a sorte
O comprimido é o lorde
Que não me deixa assim.

Chuto os cacos
Recuso abraços
Fiquem longe de mim.

Secador na banheira
A face verdadeira
Não podem me ver, assim.

Fumo meu cigarro
Na garganta o Pigarro
O que eles acham de mim?

Eu rasgo a grana
Me jogo na cama
Posso morrer bem assim

La vem o efeito
Hades é um bom sujeito
Vai cuidar de mim

15.12.10

Você e meus fantasmas

Primeira Agonia

Pedaços de mim caindo ao chão...
Só dor me deixou,
Lágrimas quentes que percorrem meu rosto.

Sinto o teu salivar,
Seu olhos que mentem mesmo no silenciar.

Só posso gritar,
- não-
só posso ouvir...

Juras infames que me devoram a carne,
Como insetos sedentos por mel.
Vou ir-me embora sem ao menos viver...

Lá se vão minhas notas
sem que eu as deixe partir,
Amanhã eu retorno e conto-lhe outros instantes
Pois já não tenho mais alma para poder-lhe falar...

~~
Acompanhem as próximas agonias em:
http://fanfiction.com.br/historia/83070/Voce_e_Meus_Fantasmas/
Aproveitem para conhecer este maravilhoso site e deixem seus comentários. Bjs
~~


4.4.10

É...

É estúpido estar feliz assim,
enquanto teus olhos derram lágrimas por alguém

É estranho pensar na culpa
mesmo que no fim,
eu não o quissesse...

É estranho sorrir desse jeito,
e virar a noite pensando em você
Quando sei que teus olhos não podem fechar

É estranho sentir-me assim,
quando no fim sei que não deveria
Éestranho como toda essa angústia,
como toda essa agonia.

É doce como te imagino,
mas me envergonho de estar feliz
De estar lembrando de um sonho bom..

Pareço ouvir uma música em minh mente,
você me deixa te fazer sorrir?
Ou devo deixar meu corpo inerte?

Estou querendo gritar como em uma canção...

Mesmo ouvindo de meus lábios,
jamais irá suportar
Pois isso é demais pra nós dois

Meus dedos deslizam suaves,
deixa eu tocar seus cabelos?

Acho que ainda estou a sonhar...

É triste pensar assim,
sentir-me tão bem na sua solidão

É triste guardar tudo isso,
e não te deixar ver os meus olhos

É triste não ter o teu gosto,
e dizer aqui que me sinto assim

É triste estar tão confusa,
e dizer que o quero mesmo sem o saber

Só experimento a loucura,
de te imaginar..
E espero o segundo em que suas palavras
me desvendem os segredos

Enquanto isso luto,
para tudo mudar
Ser assim é injusto
como um golpe qualquer..

Se misturam as letras,
com o que sinto em mim

É injusto ouvir o que dizes,
e não me dixar sonhar

É errado sonhar com teus lábios,
é errado te amar...

3.4.10

Amor de boneca


Não quero mais estar
na sua estante,
Uma boneca de louça
com um sorriso qualquer

Me ponha sobre a mesa,
e me leve para o chá
Não me esqueça aqui encima
lembra que tenho medo de altura???

Olhe em meus olhos,
enchergue-me ante a minha alma
Veja-me ,
antes que eu me vá

Antes que minhas pernas se movam
e eu retire todo esse pó
Lembre que estou aqui,
eu sempre estive te esperando

Abra essas portas,
pra que eu veja o sol
Deixe-me enchergar esse seu sorriso,
mesmo que ele seja frio como seus lábios

Deixe-me respirar
esse perfume doce,
Mesmo que seu dedos não me toquem

Deixe-me refletir sua alma,
como um retrato do seu amor
Acenda a luz
eu não posso fugir

Mova-se antes que meu olhos se fechem,
e eu desista de amar...

Aqui!





Eu aqui, alma gritando
versos vazios

E só você
pra poder entender

É tudo tão pouco e já estou chorando,
como se aquele sonho fosse real

A voz em meus ouvidos parece um sussurro seu,
e tento não sofrer com suas paixões

Sou pianista entre as teclas,
tocando minha música entre as palavras
Jurando a mim mesma que não hei de errar

E deixo meu corpo entender
que está tudo fora do lugar

Respiro uma última vez
tentando me livrar
Daquilo que minha alma insiste em dizer

E percebo enfim estar louca,
mais uma vez insana

Percebo seu lábios tremendo,
seu corpo suado

Sensação estranha estar aqui;
observar cada traço,
desvendar cada gesto

E no fim responder-me:
"Só foi um sonho bom"

En ti

Meu olhos se enchem de lágrimas,
mais uma vez meu corpo se enche de calafrios
Não tão doces quanto da última vez

Uma dor desce lancinante per minha garganta
e as pontas de meus dedos parecem sofrer
E aqui estou "Pensando en Ti"

E ouço uma voz dizendo
tudo aquilo que me consome
Como se meu coração tocasse uma triste canção

Meu corpo suplica,
enquanto minha mente parece lutar
E ainda estou, "Pensando en ti"

Todas las palavras que decimos,
afogam meu coração
E sou verso eterno...

Estou perdida em meus pensamentos,
e meu espírito não está mais aqui

É como as notas sussurram
"se no puedo estar contigo,
no lo puedo estar sem ti"

Que a canção não me deixe só,
que esse pulsar se esvaia
E enfim eu possa descansar

Desabite meus sonhos,
volte ao seu lugar

Deixe-me enfim...
"Pensando en Ti"

pS/: Valew pela ajuda Shakira^^